4 de jan de 2012

Especial - O que se aprende com uma Guerra?

A dúvida sempre vem à tona em situações extremas. Então, em uma Guerra particular, o que é possível aprender? A mais nova produção de Valérie Donzelli permite nos mostrar e fazer entender o que realmente importa quando os fatos nos levam ao extremo de nossas emoções. 

A diretora leva seus espectadores ao palco onde interpreta sua própria vida: ela, dirigindo e atuando como si mesma, é protagonista da emocionante história de uma mulher; mãe e esposa que, através do amor, consegue superar uma trágica realidade. Valérie Donzelli é Juliette, casada com Roméo (Jeremie Ekraïm), nas telas e na vida real que descobrem que o filho bebê sofre de um tipo de tumor cerebral que o coloca em uma fina linha entre a vida e a morte - tanto na obra como na realidade. A situação pela qual Donzelli se viu obrigada a enfrentar lhe deu a inspiração necessária para que pudesse mostrar ao mundo como o amor e a esperança podem vencer qualquer tipo de Guerra. Os cenários contrastantes e a trilha sonora que evoca sentimentos únicos são as armas que a diretora utilizou para mostrar do que uma Guerra é feita e, claro, como vencê-la. As cores fortes e o brilho superam os quartos brancos de hospital, as fanfarras superam as melodias tétricas e o amor que uma jovem família constrói é capaz de vencer qualquer batalha.
Este é A Guerra Está Declarada, uma obra que, acima de tudo, serve de exemplo a todos aqueles que acham que possuem Guerras já perdidas para a realidade; a esperança tomará conta de todos aqueles que acreditam que, com amor, é possivel mudar tudo. 

Veja o trailer de A Guerra Está Declarada, nos cinemas dia 6 de janeiro:



Nenhum comentário: