16 de nov de 2011

Em Cartaz - A Criança da Meia-Noite e Esses Amores

As relações humanas são o ponto central de Esses Amores, de Claude Lelouch e A Criança da Meia-Noite, de Delphine Gleize. Com um toque marcante aos espectadores, ambas as produções estão em cartaz pelos cinemas do país. 

Em A Criança da Meia-Noite, a amizade entre um médico e seu paciente é o tema de destaque na produção; nela, o dermatologista David (Vincent Lindon) possui como paciente o jovem Romain (Quentin Challal), que sofre de uma rara desordem genética que o impede de ser exposto à radiação ultravioleta, presente na luz solar, chamada de Xeroderma Pigmentoso. Com isto, o médico é responsável pelos cuidados com o garoto desde que ele era pequeno, desenvolvendo assim uma relação de grande proximidade entre eles, além do fato de que o jovem fora abandonado por seu pai. Esta ligação está presente e é mostrada por Delphine Gleize a partir de uma visão única sobre as relações pessoais, que é brutalmente transformada com o anúncio de que David precisa deixar o caso. Quando a despedida entre as duas personagens se aproxima, então chega o momento em que ambos precisam passar por uma provação. A diretora, em sua mais recente obra, baseou-se em diversos estudos sobre a doença, para, inclusive, desenvolver o figurino especial utilizado por Romain.

Já em Esses Amores, um drama que se pauta na temática do amor, com os traços já conhecidos e peculiares de Claude Lelouch, muitas vezes confundido e considerado simplista e superficial, porém, segundo o próprio diretor, os filmes contam histórias que realmente acontecem na vida real, algo que coloca, de fato, seus espectadores para refletir sobre a efemeridade dos sentimentos e da visão do amor. Nesta produção, a história contada é a de Ilva (Audrey Dana), uma mulher nascida na primeira metade do século XX, determinada e moderna, uma mulher a frente de seu tempo que vive intensamente sua paixões sem deixar que as regras sociais ou as dificuldades a impeçam de sonha. Tudo isso até, em plena Segunda Guerra Mundial, se apaixonar por um nazista e, após a retomada da França, apaixonada por dois homens ao mesmo tempo e sem capacidade de escolher, faz com que dois amigos iniciem uma disputa particular. Uma emocionante obra, que faz o público pensar o que realmente é o amor, a paixão e o desejo, encenados de maneira tão intensa. 


Veja os trailers de A Criança da Meia-Noite e Esses Amores, ambos nos cinemas:


Nenhum comentário: