14 de out de 2011

A Criança da Meia-Noite estreia hoje e é destaque nos principais jornais

Hoje estreia nos cinemas o novo filme da diretora francesa Delphine Gleize A Criança da Meia-Noite, e o filme foi destaque nos principais jornais, blogs e sites, com ótimas críticas no O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Folha de São Paulo.
A Criança da Meia-Noite conta a história de David (Vincent Lindon, de Bem-Vindo), um médico especialista em doenças raras dermatológicas como o Xeroderma Pigmentoso, na qual o corpo desenvolve uma intolerância à luz do sol, e as pessoas tendem a viver até os 20 anos em média, nos casos mais raros como o de Romain (Quentin Challal), portador do XP.

Romain e David tem uma relação que vai além do médico e paciente: Para Romain, David é como uma figura paterna, e o médico corresponde a essas expectativas do garoto. Porém Romain está entrando na adolescência, e David recebe uma proposta irrecusável e terá de se mudar, passando os cuidados de seu paciente para uma outra médica, a qual o médico não acha que seja boa o suficiente. O conflito se desenrola em cima deste contexto.
Sutileza. Filme é preservado das tentações do clichê 
"A diretora tem o bom senso de não mergulhar de cabeça naquilo em que esse tipo de historia se ancora a partir de uma longa tradição melodramática; elas as vezes se dá até ao luxo de subverter as expectativas do publico nesse sentido.[...] Integridade absoluta de Lindon na composiçãodi seu atormentado dermatologista.[...] As humanas contradições dos persongens evitam que eles se transformem em caricaturas ficcionais. Desse modo, a emoção que aflorar será talvez escassa, porém genuína." Luiz Zanin Oricchio, crítico de cinema do Estado de São Paulo. ★ 
"Fala com propriedade sobre diversos medos: de ser abandonado e de morrer, claro, mas também de amadurecer e enfim de viver. Muitos conflitos de Romain são os de uma pessoa com uma doença rara, mas outros sao os de qualquer adolescente. E que david, por sua vez, é um adulto com medo de quebrar seu isolamento e encarar o mundo" Folha de São Paulo
"A Criança da Meia-noite é um ótimo exemplo de como a sensibilidade pode ser um caminho muito mais interessante que o exagero dramático." Jornal da Tarde
A Criança da Meia-Noite de Delphine Gleize estreia hoje nos cinemas. Não percam!

Nenhum comentário: