11 de out de 2011

Novo filme de Bent Hamer "Em Casa Para o Natal" estreia dia 21 de outubro nos cinemas

A época de natal tende a revelar o melhor da natureza humana no Em Casa Para O Natal de Bent Hamer. O filme é irresistível para os fãs do trabalho de Hamer (diretor de Ovos e Factotum), e para os românticos incuráveis que se deleitam apreciando a temporada de neve. Com personagens, embora com certa amargura, compassivos em um clima natalino estão entrelaçados em historias de saudade, vida nova, esperança, despedidas, e principalmente o amor. Na verdade ao invés da melancolia americana, o filme vai nos aquecendo aos poucos, e seu desfecho causa grande satisfação.

Em casa para o natal é um filme que tem potencial para se encaixar em diversos estilos, podendo ser desde um belo filme sobre esperança e amor, como também um clássico independente ambientado na Noruega, e também um moderno conto natalino.
O novo filme de Bent Hamer é uma adaptação do livro de Levi Henriksen, que assim como o filme conta diversas histórias de pessoas na véspera do natal, buscando passar essa data em seus respectivos lares. Essas pequenas histórias criam diferentes atmosferas dentro de um só espaço e tempo, o que resulta em um incrível equilibrio mais cativantes do que as conexões feitas em cima destas. Pedaços do panorama geral do filme se encaixam nas histórias particulares das personagens e nós, gradativamente, percebemos de que forma suas vidas estão conectadas.

Em uma pequena cidade da Noruega na véspera do natal, com o chão coberto de neve contrastando ao belo céu da Noruega, luzes acolhedoras e brilhantes de casas estão separadas pelo sentimento de uma comunidade envolvida e ao mesmo tempo separada por um inverno desolador:
Um médico "sequestrado" por um bom motivo; Um homem amargurado pelo fim de seu casamento determinado a rever seus filhos pela primeira vez em sete semanas; Um garoto que mente sobre as tradições natalinas de sua família para poder passar um tempo com uma garota que não comemora o natal; Uma mulher esperançosa para passar o natal com seu amante casado que prometeu deixar sua esposa depois do natal; e um homem determinado a realmente voltar para casa e ajudado por alguém que há muito tempo não encontrava.

Com toda essa diversidade de personagens Hamer muda elegantemente o foco ao longo do filme, sem nunca permitir que o espectador se perca no todo da história. Há claramente um sentimento de tristeza e decepção nas vidas retratadas, mas um toque de esperança prevalecente paira na vida de todas estas, sob o lindo céu da mágica aurora boreal da Noruega.

Em Casa Para O Natal estreia nos cinemas brasileiros em 14 de outubro. 

Nenhum comentário: