23 de mar de 2011

Filme “Turnê” leva o glamour do new burlesque às telas do cinema


A produção francesa Turnê de Mathieu Amalric foi o preferido do júri da Fipresci, organização independente que representa críticos de cinema de 68 países, e por eles foi eleito como o melhor da competição do Cannes de 2010, além de também ter dado a Amalric o prêmio de melhor direção pelo longa.

Turnê conta a história de Joachin Zand, um produtor francês que depois de abandonar a França numa tentativa sem sucesso de ir para América, retorna à sua cidade natal para tentar se reerguer com uma Turnê de dançarinas de new burlesque.

Em uma de suas entrevistas, o diretor Mathieu Amalric disse que teve como influência o clássico de Bob Fosse “O Show Deve Continuar”, e para o personagem Joachin Zand, interpretado pelo próprio diretor Mathieu Amalric, se inspirou no produtor português Paulo Branco. Inclusive disse que gostaria que o personagem tivesse se chamado Joaquim Veloso, também inspirado em Caetano Veloso.

Dentre as personagens, as dançarinas de new burlesque são dançarinas na vida real, e fazem o papel delas mesmas, exprimindo uma sexualidade feminina que foge a todos os estereótipos impostos pela indústria cultural.

Turnê estreia em abril. Confira o trailer do filme:

Turnê é mais um lançamento da Imovision.
Para mais informações sobre o diretor Mathieu Amalric clique aqui.

Nenhum comentário: