27 de fev de 2012

'L'Exercice de L'Etat', 'O Gato do Rabino' e 'A Separação' são vencedores no César 2012

O César 2012 (prêmio do cinema francês) aconteceu na última sexta-feira, e três filmes da Imovision sairam premiados: O Gato do Rabino de Joann Sfar foi o vencedor na categoria de Melhor Animação , o filme A Separação ganhou na categoria de Melhor Filme Estrangeiro - Vale lembrar que o filme de Asghar Farhadi levou o Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira neste domingo também - e com três prêmios e 11 indicações o excelente L'Exercice de L'Etat, uma das mais novas aquisições da Imovision, conquistou o César de Melhor Som, Melhor Roteiro Original e Melhor Ator Coadjuvante. 

Dirigido por Pierre Schoeller (Versalhes, 2008) e vencedor do prêmio FIPRESCI na Mostra "Um Certo Olhar" no Festival de Cannes em 2011, o filme conta a história do Ministro dos Transportes da França, Bertrand Saint-Jean, que é acordado no meio da noite por seu secretário pessoal que lhe da a noticia que um ônibus caiu em um barranco. Sem ter escolha ele vai até lá e a partir disso começa a odisséia de um funcionário do Estado por meio de um mundo cada vez mais complexo e hostil. 

Velocidade, luta pelo poder, caos, crise econômica… Uma cadeia frenética de eventos onde uma emergência substitui a outra. A principal força do filme vem da brilhante idéia do diretor colocar um ministro como personagem principal, um ministro, portanto, um homem com o coração ligado no poder, mas responsável por um ministério pouco conhecido: o Ministro dos Transportes (de acordo com uma pesquisa entre os jornalistas franceses em Cannes, quase nenhum deles conhecia o atual).
Sem fazer conexão com qualquer personalidade conhecida ou carismática, o filme, portanto, permite um mergulho para o lado psicológico de um homem habitado por um desejo de poder.
Para alcançar seu objetivo, ele vai deixando de lado gradualmente seus ideais e começa a seguir outros, os quais era totalmente contra.

O elenco formado por Olivier Gourmet (ator belga descoberto pelos irmãos Dardenne, também co-produtores do filme) e por Michel Blanc é impecável e rendeu a este o César 2012 de melhor ator coadjuvante. Schoeller constrói seu filme como um suspense genuíno, levando o espectador a um ritmo alucinante. O público é literalmente engolida num mundo desconhecido e sufocante.

O enredo vai além do contexto nacional para atingir um nível universal, oferecendo uma meditação sobre o desejo de poder. Este novo filme não só confirmar a promessa de seu primeiro trabalho, mas estabelece Scholler como um autor importante no cinema francês.

L'Exercice de L'Etat (The Minister em inglês, ainda sem título em português) será distribuído pela Imovision nos cinemas.

Nenhum comentário: