11 de nov de 2011

"Febre do Rato" de Claudio Assis da início a Janela Internacional de Cinema do Recife

"Desde a estréia de Titanic o Recife não via uma fila dando voltas no quarteirão do Cinema São Luiz [...]a multidão era tanta que atrapalhou o trânsito na Rua da Aurora.[...]Quando as luzes apagaram e a exibição de Febre do Rato teve início, era possível ver um público totalmente entregue a arte do cinema."
Estas foram as palavras de Alef Pontes do Portal Cineflash para descrever a abertura do renomado Festival Janela Internacional de Cinema do Recife, que ficou por conta de Febre do Rato, do diretor Cláudio Assis (Baixio das Bestas e Amarelo Manga) que com 8 prêmios incluíndo o de melhor filme, ator e atriz e de crítica, foi o grande vencedor do 4º Paulínia Festival de Cinema.

Febre do Rato - expressão popular típica do Recife como adjetivo para exaltação, alguém que está descontrolado - conta a história de Zizo, um poeta anarquista, inconformado com a situação que vivencia e que vê ao seu redor, que para expor seus trabalhos publica às próprias custas em um periódico denominado Febre do Rato.
Vivendo de informar os desprivilegiados Zizo encontra satisfação pessoal até encontrar Eneida, uma mulher de pensamento à frente e um tanto periférica, que faz com que Zizo comece a encontrar o caos referente a sua relação para com o espaço urbano e os que nele vivem (aqueles leitores de suas publicações).

Febre do Rato será lançado pela Imovision nos cinemas em 2012.

Nenhum comentário: