23 de set de 2011

10 Motivos para assistir "Borboletas Negras", que estreia hoje nos cinemas

Borboletas Negras da diretora holandesa Paula Van der Oest, estreia hoje (23) nos cinemas. Saiba por que você não pode deixar de assistir:

1- Borboletas Negras é baseado em fatos reais sobre a vida da poetisa Sul-Africana Ingrid Jonker.
2- Ingrid Jonker é uma poetisa que poucos conhecem, mas é um ícone da literatura Sul-Africana, tendo recebido a honra Order of Ikhamanga concedido pelo governo pela sua excelente contribuição para a literatura e comprometimento com a luta pelos direitos humanos e pela democracia na África do Sul.

3- Carice van Houten, que interpreta Ingrid Jonker, ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival de Tribeca em 2011. 
4- Carice van Houten mais recentemente atuou ao lado de Clive Owen e Pilar López de Ayala (atriz de Medianeras) no filme de terror/ suspense Intruders.

5- Ingrid Jonker escreveu seu primeiro poema aos 6 anos, e infelizmente como muitos dos artistas que tendem à genialidade, tendem também a autodestrutividade.

6- Uma das coisas que mais chama atenção em Borboletas Negras, além da incrível atuação de van Houten, são as belíssimas paisagens da África do Sul, mais precisamente Cape Town, onde a personagem passou a maior parte de sua vida.
7- A direção de Paula van der Oest é dividida entre cenas claras e escuras, que remetem a oscilação dos momentos alegres e de extrema infelicidade de Ingrid Jonker. Reparem nas tardes luminosas nas praias de Cape Town onde Ingrid está com o também escritor Jack Cope (o irlandês Liam Cunningham), sua grande paixão, intercalada com cenas intensas e escuras, iluminadas por velas, dentro de sua casa, ou cenas com pouco sol quando presencia a morte de uma criança por soldados em Nyanga.

8- O poema “A criança (que foi assassinada pelos soldados de Nyanga)” foi lido pelo primeiro presidente símbolo da África livre Nelson Mandela em seu discurso de posse. Infelizmente Ingrid Jonker, que suicidou-se aos 32 anos, não teve em vida seu supremo reconhecimento artístico.
9- Quando se fala sobre Ingrid Jonker é inevitável uma comparação com a poetisa norte-americana Sylvia Plath, que embora muito mais conhecida que Ingrid, sofria das mesmas angústias que Jonker, e ambas tiveram o mesmo fim trágico, tirando a própria vida.
10- "Black Butterflies", título original do filme, é o nome do livro de poemas escritos por Ingrid Jonker.


Borboletas Negras está em cartaz em São Paulo: Cine Lumière, Espaço Unibanco Augusta e Reserva Cultural. No Rio de Janeiro: Espaço de Cinema, Estação Ipanema e Estação Barra Point.

Nenhum comentário: