8 de ago de 2011

"Medianeras" é sucesso em sua primeira exibição no 39º Festival de Gramado

A edição do Festival de Gramado que começou sexta-feira, dia 5, segue até o dia 13 de agosto, conta com 180 longas-metragens e 323 curtas, sendo eles 48 curtas regionais na Mostra Gaúcha, e sete filmes estrangeiros, que concorrerão ao Kikito, troféu símbolo da cidade de Gramado entregue aos filmes vencedores do evento.
Javier Drolas na coletiva de imprensa e tapete vermelho na exibição de Medianeras - Buenos Aires na Era do Amor Virtual, exibido no 39º Festival de Gramado.
Um ponto interessante a ser destacado sobre Gramado é a descentralização dos festivais considerados de grande importância de cinema no circuito de São Paulo e Rio de Janeiro, Brasília e Paulínia, e se estabelecer como festival importante no sul do país, valorizando também seus realizadores regionais.

Dentre os sete filmes estrangeiros o grande destaque, sucesso de crítica e aplaudido após a exibição, foi o argentino Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual com a presença do ator Javier Drolas (o solitário Martín, protagonista do longa). 

Medianeras, termo utilizado para denominar a fachada sem janelas de dois prédios, um de frente para o outro. Um espaço vazio entre dois prédios, uma analogia sobre a solidão num tempo em que tudo está próximo e conectado (devido a internet) mas ao mesmo tempo cria abismos entre a relação das pessoas no mundo real, off-line.

O filme gerou uma série de boas críticas, e nos chamou atenção mais uma vez para o cinema argentino que depois de ter surpreendido com a comédia de humor negro O Homem ao Lado de Mariano Cohn e Gastón Duprat, nos deslumbra novamente com Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual que, assim como O Homem ao Lado, utiliza de uma universo simplista para abordar um tema universal e atual.
Martin e Mariana: A cidade que os une é a mesma que os separa.

Medianeras será lançado pela Imovision e tem data de estreia prevista para 2 de setembro nos cinemas brasileiros. O filme que ganhou do Prêmio de Público da Mostra Panorama do Festival de Berlim, como definiu o crítico Luiz Carlos Merten no Estado de São Paulo, "é encantador".

Siga os perfis de Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual  no Twitter e Facebook e acompanhe uma série de novidades que divulgaremos até a estreia.

Nenhum comentário: