2 de ago de 2011

Antoine de Baecque na exibição do curta “Uma história d’água” hoje no Reserva Cultural

Em visita ao Brasil para o lançamento do livro Cinefilia, da editora Cosac Naify, o crítico e historiador especialista em nouvelle vague Antoine De Baecque estará presente na exibição do curta-metragem “Uma historia d’água”, hoje dia 02 de agosto, às 20hs no Cinema Reserva Cultural, com direito a coquetel e sessão de autógrafos. 
"Cinefilia", o mais novo livro lançado por De Baecque 
Na quarta, 03 de agosto às 19h, o autor participará de bate-papo sobre a nouvelle vague na Livraria Cultura do Bourbon Shopping. 

O curta metragem “Uma historia d’água” de 11 minutos de duração faz parte do material extra no documentário “Godard, Truffaut e a nouvelle vague” roteirizado pelo próprio De Baecque e que foi lançado em DVD pela Imovision.
Antoine de Baecque é um dos grandes nomes vivos da crítica e historiografia do cinema francês, que já escreveu além de seu novo Cinefilia, biografias de Jean-Luc Godard e François Truffaut, além de ter integrado a equipe da prestigiosa revista Cahiers du Cinéma nas décadas de 80 e 90. 

Em seu novo livro, Antoine De Baecque fala, obvia e essencialmente, sobre a paixão incontrolável do homem pelo cinema. 

"A cinefilia sempre se construiu como uma espécie de resistência ao mercado. Ela é uma instância de legitimação cultural [...] Foi a cinefilia que deu origem à nouvelle vague e transformou Hitchcock e John Ford em autores. O cinema exige que se fale dele.” diz Baecque, em entrevista à Folha de São Paulo, e ainda aponta que com o ato da democratização da escrita em blogs e sites na internet banaliza o cinema em si, “jamais se escreveu tanto sobre cinema, e nem tanta bobagem”.

Para conferir a entrevista de Antoine De Baecque para a Folha de São Paulo na íntegra clique aqui. 

Nenhum comentário: